Ruído Ocupacional
Somos referência em avaliação de Ruído e Vibração para pequenos e grandes projetos.

Ruído Ocupacional

Nós da VibraSP possuímos equipe especializada em Segurança do Trabalho executando Quantificação dos Agentes Ambientais como Ruído através da Dosimetria de Ruído Ocupacional, a Dosimetria de Ruído é quantificação do ruído ocupacional em conforme necessidade dos documentos PPRA, Laudo de Insalubridade e LTCAT, seu procedimento é prevista na NHO 01 da Fundacentro.

Possuímos equipamentos de dosimetria de ruído próprios e trabalhamos com no mínimo 75% da jornada de trabalho, conforme recomendação técnica, ou seja, 6 horas (360 minutos) de dosimetria de ruído para uma jornada de trabalho de 8 horas (480 minutos), descontando o horário de almoço que não deve fazer parte da dosimetria de ruído.

Temos como diferencial mais de 10 dosimetros de ruído próprios, possuímos agilidade na prestação do serviço, reduzindo as diárias em campo, custos diretos e indiretos. Nossos equipamentos são calibrados anualmente, compactos e resistentes, de modo a não atrapalhar as atividades dos colaboradores avaliados.

Trabalhamos com Locação de Equipamento Dosimetro de Ruído, Avaliação e Dosimetria de Ruído e Laudo e Programas (PPRA, Laudo de Insalubridade e LTCAT)

Laudo de
Ruído Ocupacional

Nosso Dosimetria de Ruído acompanha…

• Histograma de Medição (Gráficos);
• Certificado de Calibração;
• ART (Anotação de Responsabilidade Técnica – CREA);
• Registro Fotográfico.

Resultados Principais: PPV VECTOR 1-30.035 mm/s

Com qual frequencia devo aferir meu dosímetro de Ruído Ocupacional ?

Quando as dosimetrias de ruído devem ser invalidadas:
• A aferição da calibração acusar variação fora da faixa tolerada de 1 dB;
• O nível de tensão de bateria estiver abaixo do mínimo aceitável;
• Houver qualquer prejuízo a integridade eletromecânica do equipamento de medição.

Quando as dosimetrias de ruído devem ser invalidadas:
• A aferição da calibração acusar variação fora da faixa tolerada de 1 dB;
• O nível de tensão de bateria estiver abaixo do mínimo aceitável;
• Houver qualquer prejuízo a integridade eletromecânica do equipamento de medição.

Quais são os
Critérios de Avaliação

Critério de referencia: 85,0 dB(A) – dose de 100% para 8 horas de esposição
Nível limiar de integração: 80,0 dB(A)
Incremento de duplicação de dose: 5 (q=5)
Open chat
1
Olá!
Como podemos te ajudar?
Powered by